82 99641-3231

Portões são fechados no primeiro dia de prova do Enem 2018

Os portões dos locais de aplicação do primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foram fechados às 13h. Os participantes iniciarão as provas às 13h30 (horário de Brasília) e terão cinco horas e meia para concluir as questões de linguagem, ciências humanas e redação.

Em uma das maiores faculdades que aplicam a prova em Brasília, até o último minuto antes do fechamento dos portões, estudantes compravam as canetas pretas em material transparente (exigência do edital) nas barracas montadas na entrada. “O que está saindo mais é caneta e água. Vale a pena, é bom trabalhar nos dias de prova”, diz a autônoma Juliana Silva.

Muitos estudantes chegaram bem cedo e vários entraram nos últimos segundos de portão aberto. Na entrada, foi formado um grupo de pessoas que fizeram contagem regressiva e e tratavam de forma bem humorada os estudantes atrasados.

Do lado de fora, muitos pais passarão a tarde esperando os filhos e torcendo para que eles controlem a ansiedade e saiam bem na prova. “Aconselhei calma, atenção e fazer a redação primeiro. Ela se preparou bem, é uma aluna bem dedicada”, disse Madalena Conceição da Silva, mãe de Lorena da Silva, 17 anos.

A faculdade montou pela primeira vez um espaço de descontração, que mais cedo foi usado pelos estudantes. No momento o espaço é ocupado pelos pais e acompanhantes para passar o tempo. “Até já sentei ali, muito bom. E deu pra fazer amizades aqui na porta também”, completa Madalena.

Além de poder ouvir música, jogar videogame e poder relaxar em pufes e redes, os estudantes que fizeram prova nesta faculdade ganharam chocolates quando os portões foram abertos.

Enem 2018

Em todo o país, mais de 5,5 milhões de estudantes se inscreveram para fazer a prova. A segunda etapa do exame será realizada no próximo domingo, 11 de novembro, quando os estudantes farão provas de ciências da natureza e matemática.

A estrutura para aplicação do Enem envolve 10.718 locais de aplicação, 155.254 salas e mais de meio milhão de colaboradores. Foram impressas 11,5 milhões de provas de doze Cadernos de Questões diferentes. Haverá ainda uma videoprova em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Ao todo, são quase 600 mil pessoas envolvidas na aplicação do exame.

A nota do exame poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).


Carteiras de identidade digitais não poderão ser usadas no Enem

Carteiras de identidade digitais não poderão ser usadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Para fazer as provas, os participantes deverão levar um documento oficial de identificação original, com foto e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Os dois itens são os únicos obrigatórios para o exame.

A presidente do Inep, Maria Inês Fini, alerta os candidatos que farão o Enem de que não poderão usar identidades digitais. Isso porque haverá três checagens de identidade e uma delas ocorrerá durante a prova, quando o uso do celular é proibido. “Não leve essa única prova de identidade porque dentro da sala de aplicação de prova, ela não poderá ser utilizada”.

Os documentos válidos são as carteiras de Identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar e Polícia Federal; Carteira de Trabalho e Previdência Social; passaporte; Carteira Nacional de Habilitação, com fotografia e identidade funcional. Outros documentos específicos podem ser consultados na página do Enem.

Maria Inês é enfática em relação ao uso da caneta. “Estudantes perguntaram se não poderiam usar outras canetas, que são mais confortáveis para escrever. Não podem. Tem que ser caneta preta em material transparente”, diz.

Os estudantes poderão levar para o exame, que tem duração de 5 horas e 30 minutos neste domingo (4) e de 5 horas no próximo (11), um lanche. Caso esse lanche seja caseiro e não esteja embrulhado em material transparente como papel filme, ele será fiscalizado antes de ser liberado.

Aconselhável levar

Além dos documentos obrigatórios, é aconselhável que os estudantes levem para o exame o Cartão de Confirmação de Inscrição impresso. No cartão constam o local de prova do estudante, além da opção de língua estrangeira escolhida e, se for o caso, atendimento específico ou especializado solicitado.

O cartão pode ser acessado na Página do Participante ou pelo aplicativo do Enem 2018, disponível para download na App Store e na Google Play. É preciso informar o CPF e a senha cadastrada na inscrição.

Os estudantes poderão levar também a Declaração de Comparecimento impressa para assinatura do chefe de Sala, caso precise do documento para justificar, por exemplo, falta no trabalho. A declaração está disponível também na Página do Participante.

Não levar

Os seguinte itens são proibidos no Enem: borracha; caneta de material não transparente; corretivo; dispositivos eletrônicos, como wearable tech, calculadoras, agendas eletrônicas, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, gravadores, pen drive, mp3, relógio e alarmes; fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados imagens, vídeos e mensagens; impressos e anotações; lápis; lapiseira; livros e manuais.

Antes de entrar na sala de prova, os participantes deverão guardar no envelope porta-objetos, fornecido pelo aplicador, o telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos desligados. Também deverão ser guardados todos os itens proibidos no Enem.

Segundo o Inep, o envelope porta-objetos deverá ser lacrado e identificado pelo participante antes de ingressar na sala de provas, e ser mantido até a saída definitiva do local de provas debaixo da carteira durante a realização das provas.

Enem 2018

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam a ser aplicadas amanhã (4). Mais de 5,5 milhões de estudantes farão as provas de linguagem, ciências humanas e redação, em mais de 1,7 mil cidades. O exame segue no dia 11, quando serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática.

A nota do exame poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).


Em Alagoas, 88 mil se preparam para a primeira etapa de provas do Enem

Começa neste domingo mais uma prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e cerca de 88 mil candidatos em Alagoas irão participar. As provas acontecem, simultaneamente, em 300 escolas públicas e privadas da capital e do interior.

O Enem é a principal porta de entrada para universidades no Brasil, por isso é preciso ficar atendo aos horários. A prova ocorre nos dias 04 e 11 de novembro. Em Alagoas, os portões fecham às 12h – o horário varia de acordo com o Estado devido a fatores como o horário de verão – quem perder a prova do dia 04 não poderá fazer a mesma no dia 11, visto que é a segunda etapa do exame.

O Enem deste ano tem uma novidade para os estudantes: a aplicação das provas de Ciências da Natureza e Matemática terá 30 minutos a mais.

No dia 04, os estudantes farão a prova de Redação, Ciências Humanas e Linguagens em cinco horas e meia. Já no dia 11, resolverão Ciências da Natureza e Matemática em cinco horas.

“Os portões serão abertos às 12h de Brasília [11h em Alagoas] e fechados às 13h de Brasília [12h em Alagoas]. As provas terão início às 13h30 de Brasília [12h30 em Alagoas]. No primeiro dia, o tempo será de 5h30. Já no segundo dia, serão 5h”, explica Maria do Rosário, coordenadora estadual do Enem em Alagoas.

Para aplicar o exame e fiscalizar a realização das provas, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) capacitou mais de 6 mil pessoas só no estado. “Ainda estamos capacitando algumas pessoas. No entanto, já foram realizados treinamentos online e presencial com a equipe que vai atuar nos pontos de prova, com orientações sobre as condutas”, assegurou Rosário.


Senac abre vagas para 11 cursos técnicos EAD em todo o país

Para quem quer ingressar em curso técnico neste ano, ainda há tempo. O Senac EAD está com inscrições abertas em todo o país para 11 opções nas áreas de comércio, design, gestão, informática, meio ambiente, segurança e turismo. Os interessados podem escolher entre um dos mais de 350 polos de apoio às atividades presenciais desse nível de ensino, presentes em diversas regiões do Brasil. As matrículas devem ser realizadas até o dia 20 de novembro por meio do Portal Senac EAD.

Confira os cursos técnicos disponíveis do Senac EAD:


Enem: estudantes podem confirmar inscrição a partir desta segunda-feira

A partir desta segunda-feira (22), os estudantes que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 podem acessar os cartões de confirmação da inscrição. Para consultar o documento, é necessário acessar a página do participante, onde deve ser colocado o CPF e senha ou baixar em seu celular o aplicativo Enem 2018. A primeira etapa do exame será aplicada no domingo, dia 4 de novembro.

O cartão contem os dados do estudante, o endereço do local, a data e hora da aplicação da prova, além das informações sobre a língua estrangeira escolhida e recursos de acessibilidade, se tiverem sido solicitados. Caso tenha problema com as informações do cartão ou dificuldade de acesso ao documento, o estudante pode entrar em contato com o MEC pelo telefone 0800616161 ou pelo link Fale Conosco, no site do Enem.

Com a entrada em vigor do horário de verão no mesmo dia da primeira etapa do Exame, em 4 de novembro, o Ministério da Educação recomenda que os inscritos fiquem atentos aos horários de abertura e fechamento dos portões dos locais de prova em cada estado.

Para evitar imprevistos, o MEC recomenda que o estudante planeje o trajeto até o local da prova. O ministério sugere também que os participantes comecem a ajustar o horário de sono e dormir mais cedo uma semana antes do dia da prova.

Confira os horários do fechamento dos portões

No Distrito Federal e nos estados do Espírito Santo, de Goiás, Minas Gerais, do Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e São Paulo, os portões abrem às 12h e fecham às 13h.

Nos estados de Alagoas, do Amapá, da Bahia, do Ceará, Maranhão, de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, da Paraíba, de Pernambuco, do Piauí, Rio Grande do Norte, de Sergipe, do Tocantins, os portões abrem às 11h e fecham às 12h.

No Amazonas, em Rondônia e Roraima, os portões abrem às 10h e fecham às 11h. No Acre, os portões abrem às 9h e fecham às 10h, no horário local. Com informações da Agência Brasil


MEC libera R$ 5,28 milhões para universidades e institutos federais de Alagoas

O Ministério da Educação (MEC) repassou, no início da semana, recursos financeiros na ordem de R$ 5,28 milhões às instituições federais de ensino vinculadas à pasta no estado de Alagoas. O valor será aplicado na manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil, entre outros serviços.

No total, o MEC repassou R$ 190,54 milhões para todo o país. A maior parte dos valores, R$ 128,77 milhões, será destinada às universidades federais, incluindo repasses para hospitais universitários. Já a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica receberá R$ 59,34 milhões. O restante, R$ 2,43 milhões, será repassado ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).

Este ano, o MEC autorizou o repasse de R$ 5,91 bilhões para as instituições federais vinculadas à pasta, incluindo o que foi destinado ao pagamento de despesas das universidades e institutos federais, do Ines, do IBC e da Fundaj.

Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey