82 99641-3231

Concurso e Educação Prazo final para renovar contratos do Fies termina hoje

Até a manhã do dia 28, cerca de 45 mil contratos ainda não tinham sido aditados

Dezenas de milhares de estudantes com contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até esta sexta-feira (30) para realizar o processo de prorrogação do contrato para o ano que vem. De acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o prazo para realizar o processo de renovação no SisFies termina às 23h59 desta sexta.

Os contratos de financiamento do Fies são renovados a cada semestre letivo. O prazo inicial para realizar o processo de renovação terminou em outubro, mas foi prorrogado duas vezes. Ainda de acordo com o FNDE, não existem, dentro do governo, estudos sobre a possibilidade de nova prorrogação do prazo.

Segundo o FNDE, dos 1,5 milhão de contratos de financiamento vigentes no fundo, cerca 3% (ou seja, por volta 45 mil) ainda não foram aditados. O FNDE diz ainda que alertou os estudantes por SMS e e-mail sobre a necessidade de renovação, e as informações sobre os prazos.

O SisFies pode ser acessado pelo endereço http://sisfiesaluno.mec.gov.br.

Veja abaixo o que fazer em cada caso:

Aditamento simplificado do contrato: Se o estudante não precisa alterar nenhum dado do contrato, basta acessar o SisFies antes das 23h59 desta sexta para checar as informações da renovação e validá-las.

Aditamento do contrato com alteração de dados: Caso o financiamento tenha sofrido alguma alteração desde o último aditamento (como, por exemplo, mudança de fiador), o aditamento não é simplificado e, portanto, o estudante precisa, além de checar os dados no SisFies, ir até a faculdade nesta sexta-feira (30) para buscar o Documento de Regularidade de Matrícula (DRM) e entregá-lo ao banco que serve como agente financeiro do contrato. Nesta sexta, os bancos não abrem para atendimento ao público, mas, de acordo com o FNDE, o DRM pode ser entregue no início de 2017, desde que a entrega seja feita dentro do prazo indicado no próprio documento, que costuma ser de dez dias.

Aditamento do contrato com DRM emitido depois de 25/11: Os estudantes que já iniciaram o processo de aditamento não simplificado, e têm um DRM que foi emitido após 25 de novembro deveriam ter entregue o documento ao banco, mesmo já vencido, até esta quinta-feira (29). Essa opção foi permitida após a publicação de uma portaria no dia 12 de dezembro. Caso isso não tenha acontecido, o FNDE diz que é possível que o estudante recomece, nesta sexta-feira (30), o processo de aditamento no SisFies, e retire, também nesta sexta, um novo DRM, com novo prazo.

Entenda o processo de renovação de contratos

Cada contrato de financiamento deve ser renovado (ou aditado) a cada novo semestre. Dessa vez, houve atraso no repasse das verbas que vem do governo federal para as faculdades. O Ministério da Educação afirma que essa lentidão foi provocada pelo Congresso Nacional que demorou para aprovar o crédito extra para o Fies.

Em 7 de outubro, o sistema foi aberto para que as instituições pedissem o aditamento. A abertura do sistema para o pedido dos alunos foi feita no dia 19 de outubro. A validação de informações por parte dos estudantes, segundo o FNDE, é o último passo antes da formalização da renovação dos contratos.

Caso o estudante não precise alterar dados, base validar as informações no SisFies. Caso haja alterações a serem feitas, é preciso entregar o DRM pessoalmente no banco.

Na tarde desta quinta-feira (29), o FNDE afirmou que não sabia quantos contratos teriam que passar pelo aditamento simplificado e quantos deveriam fazer alterações nos dados cadastrais. Além disso, o órgão afirmou que não tinha dados concretos sobre o número de estudantes que emitiram DRMs após o dia 25 de novembro (ou seja, que já tinham iniciado o processo de aditamento não simplificado), mas não cumpriram o prazo de entrega do documento ao banco.


Servidores do Ifal retomam as atividades após 37 dias de greve

Membros de sindicato se reuniram com reitor do instituto federal para debater reposição dos dias parados

Servidores do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) retomaram as atividades nessa segunda-feira (19), após decidirem pelo fim da greve que durou 37 dias. Um grupo de representantes do movimento grevista esteve reunido com o reitor da instituição, Sérgio Teixeira, para debater a reposição dos dias de parados. Na oportunidade, Teixeira garantiu que não haverá corte nos salários de quem aderiu à greve.

“A reunião foi importante para reforçar o compromisso do reitor em não penalizar com o corte de ponto os servidores que aderiram ao movimento. Também serviu para que sigamos tentos com relação às próximas ações”, afirmou Francine Lopes, representante do comando de mobilização.

Aos servidores, a Reitoria do Ifal afirmou também que vai publicar uma normativa para orientar os diretores a construírem, democraticamente, os calendários acadêmicos, ouvindo estudantes e servidores, já que os servidores se comprometeram em repor o trabalho acumulado no período de duração do movimento paredista.

Greve

Durante a paralisação, os servidores protestaram contra a PEC 241/55. Aprovada no Congresso e promulgada pelo presidente Michel Temer (PMDB), a Proposta de Emenda à Constituição, que já se tornou lei, limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos – o que, para os servidores, vai comprometer a destinação de recursos a áreas consideradas essenciais, como Saúde e Educação.

Eles também se dizem contrários à proposta de reforma do Ensino Médio.


UFAL comunica adiamento das matrículas por conta da greve dos servidores

csm_csm_csm_ufal_pesquisa_7da5363b1b_025193ff74_a649b05ce9Em virtude da greve dos servidores técnicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) comunicou, na tarde deste sábado (12), que haverá adiamento das matrículas que se iniciariam na próxima segunda-feira (14), referentes ao semestre letivo 2016.2.

A Prograd informa que aguarda maiores esclarecimentos e posicionamentos do Comando Geral de greve dos técnicos para dialogar com a comunidade acadêmica acerca das novas datas de matrículas dos estudantes ingressantes e dos já vinculados à Instituição. Assim, orienta que acompanhem as informações oficiais sobre a matrícula no portal da Universidade.

Os servidores técnicos da Ufal estão em greve desde o dia 31 de outubro, após decisão do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal).


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 Rádio Sampaio - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey