82 99641-3231

Palmeira vai ganhar nova agência do Ministério do Trabalho e Emprego

 

O município de Palmeira dos Índios vai ganhar uma moderna agência do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A agência visa atender a população de 19 cidades da região, que necessita fazer a retirada de Carteira de Trabalho e outros documentos relacionados ao órgão. O convênio de cooperação mútua que formalizou a implantação da agência foi assinado entre o prefeito Júlio Cezar e o superintendente do TEM em Alagoas Israel Lessa. O novo gerente da agência de Palmeira, Francisco Vieira, também participou da reunião, além da assessora da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo Tatiana Tenório.

Para Israel Lessa, com a nova agência, os beneficiários de Palmeira vão ser atendidos com mais conforto e agilidade, sem que precisem se deslocar para outras cidades. “Já vamos oficializar todos os trâmites em Brasília para que a agência seja inaugurada logo no início de agosto. Palmeira não pode mais ficar sem uma agência do Ministério do Trabalho. Temos um prefeito que ama a cidade e que trabalha para que ela se torne cada vez melhor”, destacou Lessa.

Palmeira dos Índios tinha perdido a concessão da agência regional do Ministério do Trabalho no ano passado. Mas por entender a necessidade não só de Palmeira, mas de outras cidades vizinhas, o prefeito Júlio Cezar intermediou as tratativas para que o órgão volte a funcionar no município. “A prefeitura vai apoiar em tudo o que for necessário para a instalação da agência em Palmeira. Não poderíamos deixar que uma cidade como Palmeira não possuísse a sua própria agência regional do Ministério do Trabalho. O momento é novo, de andar para frente e não podemos permitir mais que o retrocesso se instale em nosso município. A nova agência vai beneficiar os palmeirenses, mas também os moradores de cidades vizinhas. Estamos muito felizes em poder devolver à Palmeira esse equipamento que sempre pertenceu ao nosso povo”, disse o prefeito Júlio Cezar.

As Agências do Ministério do Trabalho são unidades de atendimento nos estados responsáveis pela execução, supervisão e monitoramento de ações relacionadas a políticas públicas de Trabalho e Emprego nos estados. Além do fomento ao trabalho, emprego e renda, execução do Sistema Público de Emprego, fiscalização do trabalho, mediação e arbitragem em negociação coletiva, um dos principais objetivos é a orientação e apoio ao cidadão. Na Agência do Ministério do Trabalho em Palmeira dos Índios serão ofertados os seguintes atendimentos: consulta do seguro desemprego; agendamento do seguro desemprego; cálculo do seguro desemprego; verificação de quem tem direito ao seguro desemprego; requerimento do seguro desemprego; consulta habilitação do seguro desemprego; entrada no seguro desemprego; fiscalização e denúncia trabalhista e retirada de Carteira de Trabalho, entre outros serviços.    


Tarifa de água em Alagoas fica quase 10% mais cara a partir de julho

ARSAL autorizou a Casal a realizar o reajuste da cobrança. Portaria foi publicada no Diário Oficial dessa quinta-feira (1º).

Reprodução Google Maps

A agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (ARSAL) autorizou a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) a reajustar a tarifa de água em todo o estado em 9,76%.

A portaria, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (1º), diz que o reajuste vale para todas as categorias de consumo e deve começar a ser aplicado a partir de 1º de julho.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da Casal informou que o reajuste vale para o ciclo 2017/2018, após estudos e auditorias realizados na companhia, com base na planilha de custos dos serviços prestados pela Casal.

A Casal continua dizendo que o cálculo realizado pela Arsal levou em conta pontos como o aumento da energia elétrica e, principalmente, o aumento no custo dos insumos. Taxados em dólar, os preços sofreram alta entre 18,41% e 55,31%.

Também foram analisados o reajuste salarial e a proposta de investimentos da Casal, na ordem de R$ 103 milhões, para expansão e modernização dos serviços prestados em todo o Estado no biênio.

A decisão do reajuste já havia sido tomada pelo colegiado da ARSAL no último dia 29 de maio, e agora tornada oficial.


Rádio Sampaio AM fará mudança para FM e será uma das maiores do Nordeste

Tecnologia possibilitará um aumento da frequência 15 vezes maior nas transmissões

 

 

 

Roberta Sampaio/F5 Alagoas

A empresa de comunicação Sampaio inicia a efetivação do projeto que fará com que Palmeira dos Índios tenha uma das maiores rádios do Nordeste. A partir desta quarta-feira (31), a frenquência da rádio AM deixará de funcionar para entrar no ar uma FM 15 vezes mais potente. Segundo o diretor da rádio, empresário Gileno Sampaio Filho, em 2 ou 3 meses a nova freqüência voltará muito mais forte, contando ainda com a nova estrutura física para garantir o desenvolvimento dos trabalhos realizados por todos os profissionais que fazem parte da empresa.

 
O empresário falou aos ouvintes durante o programa “Nosso Encontro”, comandado pelo radialista Edvaldo Silva e transmitido pela rádio Sampaio FM 92,5 Mhz. Na oportunidade, Gileno explicou que: “Iremos passar de AM para FM. Não estamos fechando a rádio, estamos inovando, acompanhando as novas tecnologias e fazendo com que ela fique ainda mais potente. Estaremos mudando apenas a freqüência e a potência. Com essa mudança teremos 15 quilowatts. Antes tínhamos apenas 1 Kw de potência. Ou seja, iremos ter 15 vezes mais”, explica Gileno Sampaio Filho.

 
Duas rádios

 
Com a mudança da AM para FM, o grupo Sampaio terá, então, duas rádios com a freqüência FM, contudo os investimentos maiores estão sendo na nova freqüência 94,5 Mhz que em breve estará no ar.

 

“Já estamos, diria com 95% das coisas prontas. O que falta é apenas algumas liberações e pouca coisa na parte burocrática. Estamos seguindo todos os trâmites exigidos pelo Ministério das Comunicações. Agora é contagem regressiva para termos a nova rádio no ar. Lembrando ainda que contamos também com o site da Sampaio FM que leva mais informação para o público leitor. Preparamos tudo em respeito aos nossos ouvintes e leitores”, afirma o empresário.

 

 

“A Sampaio AM e FM contam a história de Palmeira dos Índios. Agradecemos ao saudoso Gileno Sampaio por podermos fazer parte dessa história. Recebemos algumas mensagens de ouvintes muito preocupados porque achavam que rádio deixaria de existir. Isso nos mostra o importante papel que a empresa tem na vida da população palmeirense e também da região. As pessoas acreditam no nosso trabalho e no compromisso de todos os que fazem parte da rede Sampaio de comunicação, que hoje é liderada por Gileninho. Um filho que sonhou o mesmo sonho do seu pai e está conseguindo vê-lo realizado”, disse o radialista – Edvaldo Silva.

 
52 anos de rádio AM

Gileno Costa Sampaio, fundador da Rádio Sampaio AM

A rádio Sampaio AM foi fundada por Gileno Sampaio (in memorian) e esteve no ar pelos últimos 52 anos. A rádio sempre foi considerada a mais importante emissora da cidade de Palmeira dos Índios. Com a informação de que a AM não funcionará mais a partir de hoje, vários comunicadores que fizeram parte da rádio fizeram agradecimentos e falaram sobre o que foi trabalhar na empresa.

 
“Foram 52 anos e 5 meses exatos, levando o nome da nossa região, principalmente da cidade de Palmeira. Eu tive meu primeiro registro profissional em 01 de junho de 1982, sendo assim, amanhã, completo 35 anos de Empresa. Só posso dizer uma coisa: Obrigado Gileno Sampaio, obrigado Dona Carminha, obrigado Gileninho Sampaio”, agradeceu o radialista Antônio Oliveira.

 

 

Gileno Sampaio Filho finalizou dizendo que “Fomos pioneiros na história do rádio em Palmeira com a AM. E justamente por isso, temos que nos atualizar para estarmos sempre acompanhando as inovações do nosso tempo e pensando no futuro. Quero agradecer aos companheiros, profissionais, ouvintes e anunciantes, e dizer que estamos melhorando o nosso projeto, engrandecendo do sonho de meu pai -Gileno Sampaio – que sempre foi o de ajudar a garantir o melhor para o povo da nossa querida Palmeira dos Índios”.


PF localizou R$ 980 mil de investigações que envolvem Aécio

A Polícia Federal (PF) já localizou R$ 980 mil do total de R$ 2 milhões que fazem parte das investigações envolvendo o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), de acordo com reportagem publicada na noite deste domingo pelo Fantástico, da Rede Globo.

Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões ao dono da JBS, Joesley Batista, que usou a gravação em sua delação premiada. A entrega do dinheiro foi negociada por um executivo do grupo J&F, do qual a JBS faz parte, Ricardo Saud.

Segundo a reportagem do programa televisivo, PF afirma que seriam entregues quatro malas, com R$ 500 mil cada uma, a Frederico Pacheco de Medeiros, primo do senador. De acordo com as investigações, Frederico repassou o dinheiro a Mendherson Souza Lima, então assessor parlamentar do senador mineiro Zezé Perrella (PMDB-MG).

O Fantástico mostrou que R$ 500 mil foram transferidos para a ENM Auditoria, empresa com sede em Belo Horizonte e pertencente a Euler Nogueira Mendes. Por sua vez, a ENM depositou o valor na conta da Tapera Participações, empresa que tem como um de seus donos Gustavo Perrela, ex-deputado estadual e filho de senador Zezé Perrela. Além disso, a Tapera conferiu procuração para administração a Mendherson Souza Lima.

A Polícia Federal também já havia encontrado R$ 480 mil na casa da sogra de Mendherson.

Defesa. O senador tucano divulgou vídeo nas redes sociais se defendendo das acusações no sábado, 20.”Há cerca de dois meses eu pedi à minha irmã, Andrea, que procurasse o senhor Joesley e oferecesse a ele a compra de um apartamento onde minha mãe vive há mais de 30 anos. Com parte desses recursos eu poderia pagar minha defesa. Fiz isso porque não tinha dinheiro. Não fiz dinheiro na vida pública”, afirmou.

Em outro trecho, ele diz que Joesley ofereceu outro caminho e armou uma “encenação” ao oferecer empréstimo de R$ 2 milhões. “Fui vítima de um armação conduzida por réus confessos. Sempre respeitei cada voto que recebi. Nos últimos dias, e vocês podem imaginar, minha virou pelo avesso.”


Procon alerta sobre queima de aparelhos eletrônicos por quedas de energia

As fortes chuvas podem vir acompanhadas da interrupção no fornecimento de energia elétrica, e, às vezes, pode até danificar aparelhos eletroeletrônicos. Mas o que nem todas as pessoas conhecem são os seus direitos em casos de prejuízos como esse.

Para a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) em Alagoas, as distribuidoras devem cumprir índices de qualidade estabelecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), prestando serviço contínuo e eficiente. Por isso, quando falta energia elétrica, pode haver um abatimento automático do período em que houve a falha no serviço. O consumidor deve ficar atento à sua fatura para detectar se houve descumprimento desses índices e se haverá desconto.

No caso dos consumidores que se sentirem prejudicados com a queima de aparelhos elétricos e/ou eletrônicos, como geladeira e computador, em decorrência da falta de energia elétrica, têm direito de solicitar o ressarcimento junto à concessionária de energia elétrica, conforme a conforme a 414 Resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica e o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Normalmente, a queima de aparelhos eletrônicos e elétricos acontece no retorno da energia elétrica após a interrupção, causando panes por conta da sobrecorrente ou sobretensão, isso ocorre nos casos da energia que volta “de repente” e tem um pico de milésimos de segundos.

No CDC, o artigo 22 determina que “os órgãos públicos, por si ou suas empresas, concessionárias, permissionárias ou sob qualquer outra forma de empreendimento são obrigados a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos”. No parágrafo ainda é especificado que nos casos de descumprimento total ou parcial, das obrigações referidas no artigo, serão as pessoas jurídicas compelidas a cumpri-las e a reparar os danos causados.

O interessado em solicitar o ressarcimento ou o reparo do aparelho tem até 90 dias para reclamar. Mas o superintendente do Procon Alagoas, João Neto, alerta: “Precisamos esclarecer que a empresa reclamada, neste caso, tem o direito de ir até a casa do consumidor para avaliar a causa da queima e conformar que a responsabilidade é da empresa de energia”.

Caso confirmado a avaria do equipamento, a concessionária tem 15 dias para dar a resposta ao consumidor e mais 20 para atender a forma escolhida pelo reclamante para ser ressarcido. “Constatado o problema, o consumidor pode escolher ter o aparelho consertado, trocado ou receber o valor equivalente ao produto”.

Se o consumidor não concordar com o laudo da empresa, pode recorrer à Ouvidoria ou também reclamar no órgão de defesa do consumidor. Para fazer a reclamação, é necessário a apresentação de um laudo técnico que ateste aquilo que o consumidor está alegando, que a queima do aparelho foi recorrente à falta de energia.


ANS autoriza reajuste de até 13,55% para os planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) autorizou que os planos de saúde reajustem as mensalidades em até 13,55% a partir deste mês de maio, em um período válido até abril de 2018. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) da última sexta-feira (19).

A regra vale para planos médico-hospitalares individuais e familiares, e atinge cerca de 8,2 milhões de beneficiários, uma fatia de 17,2% dos 47,5 milhões de clientes de operadoras de assistência média privada do país.

De acordo com a ANS, o reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato. Também é permitida a cobrança de retroativo no número de meses meses de defasagem entre a aplicação e a data de aniversário do contrato.

As operadoras deverão informar no boleto de pagamento o índice de reajuste autorizado pela ANS, o número do ofício de autorização da ANS, nome, código e número de registro do plano, bem como o mês previsto para aplicação do próximo reajuste anual.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey