Detento do presídio do Agreste de AL é achado morto em cela isolada

| Redação Rádio Sampaio


José Clinton foi achado enforcado na noite do sábado (04).
Ele cumpria pena por roubo e não recebia visitas.

Presídio do Agreste

Um detendo do sistema prisional alagoano que estava detido em uma cela do Presídio do Agreste, em Girau do Ponciano, foi achado morto na noite do sábado (04) por agentes penitenciários.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), agentes penintenciários que estavam de plantão informaram que o preso José Clinton França Júnior (22) estava sozinho em uma cela do Seguro, espécie de isolada, quando foi encontrado enforcado.

Os agentes penitenciários desconfiaram que havia algo errado com o preso após ele não responder o chamado para pegar a jantar. Ao verificar a morte do detento, equipes do Instituto de Criminalística (IC) e da Polícia Civil (PC) foram acionadas e chegaram na madrugada do domingo (05) para levantar as primeiras informações sobre óbito.

O corpo de José Clinton, que respondia por crime de roubo e não recebia visitas, foi recolhido na manhã do domingo por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML).

O Presídio do Agreste, que possui capacidade para 768 presos, está atualmente com 900 detentos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: