Daddy Yankee (esquerda) e Luis Fonsi, parceiros em ‘Despacito’ (Foto: Divulgação)

O clipe de “Despacito”, de Luis Fonsi, vídeo mais visto na história do Youtube, saiu do após ser modificado por hackers. Segundo os sites The Verge e Daily Mail, antes de ser retirado do ar, a imagem de exibição havia sido modificada. No lugar, foi incluído uma cena da série do Netflix “La Casa de Papel”. E, na descrição, aparecia o nome de Prosox & Kuroi’SH.

A mesma assinatura aparece em clipes de “Fifty Shades of Blue”, de Selena Gomes, e “God’s Plan”, de Drake, que ainda seguem no ar sem alteração nas imagens. Segundo sites internacionais, vídeos de Chris Brown, Shakira, DJ Snake e Taylor Swift também foram atingidos.

PUBLICIDADE

Ainda na manhã desta terça-feira (10), o clipe de “Despacito” voltou a aparecer no ar, sem perder a contagem de views. Atualmente, são mais de 5 bilhões de visualizações no vídeo.

O usuário do Twitter Prosox, a quem foi atribuída a alteração nos videos, escreveu em sua página na rede social sobre o caso: “Vevo, vocês têm todo meu respeito, mas não deixe o controle do seu site com qualquer desenvolvedor. Isso foi uma brincadeira. Se quiséssemos prejudicar seus clientes, nós poderíamos deletar todos os vídeos, mas eu não deletei Despacito. Acreditem em mim”.

Em outubro, o clipe de “Despacito”, hit dos porto-riquenhos Luis Fonsi e Daddy Yankee, tornou-se o primeiro projeto musical a conseguir a marca de 4 bilhões de visualizações no YouTube.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *