Coronel do 10º Bpm pede ajuda para retirar veículos da polícia do conserto

| Redação Rádio Sampaio


(Foto: Edson Silva/Facebook)

(Foto: Edson Silva/Facebook)

Antes de dar início à sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Palmeira dos Índios na manhã de ontem (09), foi cedido um espaço para que o comandante do 10º BPM, coronel da PM do Valle, relatasse os problemas existentes naquele Batalhão de Polícia, e poder garantir a segurança na cidade.

O coronel da PM surpreendeu a todos, solicitando ajuda financeira para melhorar as condições de uso em diversas viaturas policias que precisam de manutenção e recuperação. Ele revelou ter contraído uma dívida no valor de R$ 1.500,00 para pagar a manutenção das referidas viaturas, que estão numa oficina da cidade.

Depoimento bastante sério do coronel da PM do Valle aos vereadores palmeirenses e os vereadores chegaram a um consenso e, dentro das possibilidades, se comprometeram a ajudar através de uma “vaquinha”, ou seja, ratear no final do mês, autorizando a secretária do legislativo, que retirasse dos seus vencimentos uma quantia no valor de R$ 100,00 para garantir o pagamento da referida oficina e poder sanar o problema existente na unidade policial.

Segundo relato de populares e do próprio comandante, é desagradável e humilhante a situação que a Polícia deste município passa no momento. As declarações do coronel do Valle foram surpreendente no momento em que a violência cresce na cidade, onde a população vem expontaneamente fazendo o toque de recolher mais cedo, evitando circulação à noite, com medo de assalto.

Coronel do Valle relatou a situação crítica da PM em Palmeira dos Índios sob olhares atentos dos vereadores. O vereador Márcio Henrique (PPS), eleito vice-prefeito, assistiu o depoimento todo tempo em pé, ficando surpreendido e prometendo ter uma conversa com o prefeito eleito, Julio Cézar, que se encontra em Brasília, participando de uma reunião de prefeitos de todo o Brasil com a CNM. “A situação é gravíssima”, comentou o vereador comunista, dizendo que “é preciso que todos se unam para combater essa violência em Alagoas, principalmente neste momento de crise que passa o Brasil. Não podemos colocar debaixo do tapete ou esconder da comunidade a verdade dos fatos”. Ele elogiou a maneira como o coronel da PM decidiu ir à Câmara Municipal e pedir ajudar dos seus colegas.

 

*Informações do fotografo Edson Silva para o Blog do Bernardino

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: