(Viatura PM/ Foto: CC/Rádio Sampaio)

Um postulante a uma vaga no serviço público estadual, que participou do concurso da Polícia Militar de Alagoas no final de semana foi preso sob a acusação de tráfico de drogas e com uma arma de fogo. A prisão foi repassada à imprensa pelo relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp) e ocorreu na noite desta segunda-feira, 31, em Ipioca, no bairro litorâneo de Maceió.

Outra pessoa foi presa na mesma ocorrência. Os acusados foram identificados como Celso Coelho Morgado, 21 anos, e Miguel Fernandes Brito, 28 anos. As informações do relatório dão conta que com o primeiro acusado foi encontrado um cartão de inscrição do concurso para a PM alagoana em seu nome.

É do relatório a informação de que o candidato já tem passagem pela Polícia Civil no ano de 2012 sob a acusação de homicídio. Já o segundo acusado responde a processo na justiça alagoana por acusação de tráfico de drogas. No sistema de busca do Tribunal de Justiça é possível verificar que Miguel Fernandes foi preso em 2011 com 29 pedras de crack e uma quantia em dinheiro. O acusado tem uma audiência de instrução e julgamento para o 16 de março de 2018.

A polícia assegura que com os acusados foram encontrados, além do comprovante de inscrição do concurso da PM de Alagoas, um revólver calibre 38 Taurus, com três munições deflagradas e uma intacta, como também dez ‘tijolos’ de maconha, uma balança de precisão e uma motocicleta Yamaha Fazer 150 vermelha, placa QLB 2259.

Os acusados e os materiais apreendidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil. Eles permanecem detidos à disposição da justiça.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *