82 99641-3231

Veículo capota após condutor perder o controle na AL-220

Um acidente foi registrado na manhã desta segunda-feira, 17, na altura do KM 13 da AL-220, quando o condutor de um veículo perdeu o controle e capotou algumas vezes. Apesar do susto ninguém ficou ferido.

O veículo prisma de cor preta e placa ORE-0692, seguia São Miguel dos Campos para Maceió. A água acumulada em um ponto da pista teria causado o acidente.

Uma Guarnição do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) esteve no local para controlar o trânsito que ficou lento.

O motorista estava sozinho no momento do sinistro e estava indo para o trabalho, em Maceió.

Um guincho teve que ser acionado para retirar o carro do local.

 


WhatsApp inicia testes para reduzir limite de compartilhamento de mensagens

O WhatsApp iniciou nesta segunda-feira (17) um teste para reduzir o limite de compartilhamento de mensagens de 20 pessoas para cinco.

A informação foi divulgada em um perfil não oficial, o WA Beta Info, que divulga novidades sobre versões de teste do aplicativo.

A empresa não comenta testes, mas fontes ouvidas pela reportagem confirmaram que o processo está em andamento.

Em uma tentativa de conter a desinformação antes do segundo turno das eleições, um conselho consultivo sobre internet e eleições havia pedido, em reunião com executivos do WhatsApp no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que a empresa reduzisse o número de vezes que um conteúdo é compartilhado, a exemplo da Índia.

O país é o único que limita uma mensagem a cinco destinatários.

Na ocasião, a empresa informou que a mudança demoraria meses e que não ficaria pronta a tempo. Alguns usuários já relatam que não conseguem enviar mensagens a 20 pessoas como antes.


Capotamento deixa uma pessoa morta e duas feridas na AL-487, em Traipu

Um capotamento de um veículo de passeio deixou uma pessoa morta e duas feridas, na tarde desta segunda-feira (17), na AL-487, no município de Traipu.

Segundo informações, o carro capotou na pista e caiu em uma ribanceira, às margens da rodovia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para a ocorrência.

As três vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca. Segundo informações da assessoria do hospital, o condutor do veículo, identificado como José Marcos de Oliveira, de 68 anos, entrou em óbito logo após dar entrada no hospital.

Ainda de acordo com a assessoria do HE do Agreste, as outras duas vítimas foram identificadas como Clecia dos Santos Silva, de 19 anos, e o tio dela, Josival Farias dos Santos, de 38 anos. Ambos estão em atendimento, por isso, o estado de saúde deles ainda não foi informado.

A Polícia Militar esteve no local do acidente para fazer os procedimentos necessários.


Eleitos no pleito deste ano são diplomados pelo TRE/AL em solenidade no TJ

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) diplomou, no final da tarde desta segunda-feira (17), os candidatos eleitos no no pleito deste ano. Em solenidade realizada no plenário do Tribunal de Justiça (TJ), foram diplomados os 27 deputados estaduais, nove federais, dois senadores e quatro suplentes ao Senado, o governador e vice eleitos (confira aqui a lista completa de eleitos).

Em seu pronunciamento, o presidente do TJ, desembargador José Carlos Malta Marques, que está se despedindo da “missão”, alertou os eleitos para a necessidade de honrar os votos recebidos. “Os votos são sinônimo da esperança das pessoas por dias melhores”, destacou Marques, lembrando a importância da democracia.

A diplomação é o último ato da Justiça Eleitoral no pleito deste ano e atesta quem são, efetivamente, os eleitos e os suplentes com a entrega ou a disponibilização do diploma devidamente assinado. “Isso habilita os candidatos eleitos a assumir e exercer os respectivos mandatos eletivos”, afirma o TRE/AL, em material enviado à imprensa por sua assessoria de comunicação.

Pelo resultado das urnas, a Assembleia Legislativa de Alagoas terá 44% de renovação na próxima legislatura. Isso porque, do total de 27 deputados estaduais, 15 conseguiram se reeleger no pleito deste domingo. Portanto, 12 “novos” nomes terão direito a assento na Casa de Tavares Bastos a partir de 1º de janeiro de 2019.

A candidata mais votada foi a deputada Jó Pereira (MDB), que obteve quase 55 mil votos, cerca de 10 mil a mais que Ricardo Nezinho (MDB) e Olavo Calheiros, segundo e terceiro colocados, respectivamente, e que também integram a coligação “Avança Mais Alagoas II”.

“Gostaria de destacar a importância da transmissão da TV Assembleia e TV Câmara e destacar que possam oferecer a cobertura em TV aberta, pois já um canal para isso. Somente assim vamos aproximar o poder das pessoas e ajudar a construir cidadania”, disse Jó.

Câmara Federal 

Para a Câmara Federal, a bancada de Alagoas teve uma renovação de 44%, com quatro novatos a partir de fevereiro de 2019. São eles: Sérgio Toledo (PR), Isnaldo Bulhões (MDB), Severino Pessôa (PRB) e Tereza Nelma (PSDB).  No entanto, os novos deputados já tinham mandato na Assembleia Legislativa Estadual (ALE) e na Câmara de Vereadores de Maceió.

Reeleitos

Entre os deputados que conseguiram a reeleição estão João Henrique Caldas (PSB), o JHC, que foi reeleito o deputado federal mais votado de Alagoas. Também foram reeleitos Arthur Lira (PP), Marx Beltrão (PSD), Nivaldo Albuquerque (PTB) e Paulão (PT).

Em nome deles, o deputado reeleito João Henrique Caldas fez um breve pronunciamento, mas, em tom de convocação dos novos e futuros colegas de parlamento, para trabalharem pelo País e pelo Estado.

“Coloco-me à disposição para lutar por um novo pacto federativo e de forma unida trabalharmos para conseguir recursos para o Estado e Município”, disse JHC

Senado Federal

A partir do próximo ano, Alagoas contará com um novo representante no Senado: Rodrigo Cunha (PSDB), eleito com 894.850 mil votos, o maior número entre todos os concorrentes na disputa. A segunda vaga de Alagoas ficou com o senador Renan Calheiros (MDB), reeleito pela quarta vez, com mais de 621.263 mil votos.

Cunha foi o escalado para se pronunciar. Deixando de lado o que havia redigido, preferiu “falar com a emoção”, relembrando que, há 20 anos, sua mãe estava sendo diplomada e posteriormente foi assassinada.

“É algo que está tatuado em minha alma. Mas superamos isso construindo um novo caminho e será assim daqui para a frente”, destacou o senador.

Governador e Vice 

O governador Renan Filho e o vice Luciano Barbosa, ambos do MDB, foram reeleitos no pleito deste ano com 791.816 votos. No universo de mais de 2,1 milhões de eleitores em Alagoas, quase 900 mil demonstraram rejeição ou indiferença ao pleito. Esse é o total dos que votaram em branco, anularam o voto (pelo menos para governador) ou se abstiveram (ou seja, sequer tiveram interesse em comparecer às urnas.

Segundo o governador, o mais importante, a partir de agora é que a união possa marcar a nova bancada que se forma, pois o Estado precisa de apoio neste momento.

“Gostaria de começar convocando todos os eleitos para que possamos trabalhar juntos por Alagoas”, enfatizou Renan Filho.

 

Polêmica

Pouco antes da sessão, o deputado estadual Cabo Bebeto evitou polêmica, mas disse estar feliz por estar se livrando do regimento da PM. “Vou sentir falta do serviço, mas a gente é ameaçado de todas as formas pela regulamento arcaico da PM”, disse Bebeto.

Ao contrário do presidente do PSL, Flávio Moreno, que, ao sair em sua defesa no episódio da decretação da prisão e atacou o governador Renan Filho, Bebeto informou que será “parceiro” do governo e votará com independência sem fazer “oposição pela oposição”.

O presidente da República eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e seu vice, Hamilton Mourão, foram diplomados em sessão solene realizada no Plenário do TSE no último dia 10. Para que isso ocorresse, o TSE julgou a prestação de contas de campanha de Bolsonaro em 5 de dezembro, dez dias antes do fim do prazo legal. Na ocasião, os ministros da Corte aprovaram com ressalvas as contas do candidato eleito, que abrangem as do candidato a vice, Hamilton Mourão.


Jovem é preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo em Viçosa

Militares da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIA) prenderam, nesta segunda-feira (17), um jovem acusado de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, em Viçosa.

De acordo com informações da polícia, um revólver, munições e 106 gramas de maconha foram apreendidos.

O acusado, identificado como José Fábio Feliciano dos Santos, de 19 anos, foi localizado no Conjunto Mutirão, em Viçosa. Ao perceber a aproximação da polícia, José tentou fugir.

Mas os policiais conseguiram deter o acusado, que foi encaminhado para Centro Integrado De Segurança Pública (CISP) de Viçosa.


Leilão da Eletrobras Distribuição Alagoas é adiado para dia 28 de dezembro

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) – responsável pelo processo de desestatização das distribuidoras de energia elétrica – adiou para o dia 29 de dezembro o leilão da Eletrobras Distribuição Alagoas (antiga Ceal).

O certame estava previsto para acontecer nesta quarta-feira (19).

Com o adiamento – cujo motivo não foi informado pelo banco -, a data para a entrega dos documentos com as propostas para o leilão passou desta segunda-feira (17) para 27 de dezembro, de 9h às 12h. O leilão está previsto para acontecer às 17 horas, na B3, em São Paulo.

O leilão da Eletrobras de Alagoas estava previsto para acontecer no primeiro semestre deste ano, mas decisão judicial do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), impediu a venda da companhia, após ação movida pelo governo do Estado, que cobra da União uma dívida de R$ 4 bilhões no processo de federalização da antiga Ceal.

No fim de dezembro, Ricardo Lewandowski revogou a liminar e pediu que seja realizada uma perícia econômico-financeira para saber se houve descumprimento contratual por parte dos entes federais em decorrência do fracasso na privatização da Ceal.

A Eletrobras Alagoas é a última das seis distribuidoras a ser leiloada. A estatal conseguiu vender neste ano concessionárias no Norte e Nordeste que tinham sido federalizadas entre os anos 1980 e 2000 sob a expectativa de posterior privatização.

Na terça-feira (11), a Companhia Energética do Piauí (Cepisa) anunciou a abertura de um programa de demissão voluntária (PDV), cinco meses após ser arrematada em leilão pelo grupo Equatorial Energia.

De acordo com a empresa, o plano é voltado para os empregados efetivos interessados em se desligar e receber os direitos trabalhistas com vantagem financeira adicional. A empresa emprega pouco mais de 3 mil funcionários.

Atualmente, a Eletrobras Distribuição Alagoas conta com 1,2 mil trabalhadores diretos e cerca de 700 indiretos, segundo levantamento do Sindicato dos Urbanitários de Alagoas. Na sexta-feira (14), o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix, afirmou que a expectativa do governo federal é de que haja mais de um interessado no leilão da distribuidora alagoana.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey