ASA vence Itabaiana por 2 a 0 e fica mais perto da vaga nas oitavas

O ASA abriu uma boa vantagem no mata-mata contra o Itabaiana. Neste domingo, venceu por 2 a 0 no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, e ficou mais perto da vaga nas oitavas da Série D. Alef Manga abriu o placar no primeiro tempo, e Dinda ampliou na etapa final, com um golaço. Na volta, em Sergipe, o time alagoano pode perder até por um gol de diferença.

Alef Manga sobe para marcar o primeiro gol do ASA
Alef Manga sobe para marcar o primeiro gol do ASA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

A próxima

ASA e Itabaiana voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 20h. O jogo está marcado para o Estádio Etelvino Mendonça, em Itabaiana. Na Série D, não existe o critério do gol qualificado fora de casa.

Assim, o time alagoano pode perder até por um gol de diferença. Se o Itabaiana bater o adversário por dois gols de diferença, a vaga vai ser definida nos pênaltis.

ASA x Itabaiana, em Arapiraca
ASA x Itabaiana, em Arapiraca (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)

Expulso

Aos 48 minutos do segundo tempo, o volante Caio César cometeu falta dura, recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo. Desfalca o ASA no jogo em Itabaiana.

Primeiro tempo

O Itabaiana começou o jogo mais presente no campo de ataque. Teve uma chance, com Gaúcho, aos 12, mas não não aproveitou e viu o ASA crescer na partida depois dos 20. O time alagoano ficou rondando a área sergipana e foi letal na primeira chance.

Aos 35 minutos, Marcelo cruzou da direita, e Alef Manga subiu para marcar de cabeça, tirando do goleiro Andrade. Perdendo, o Itabaiana se mandou para o ataque. Aos 40, Renato cobrou escanteio, Hugo cabeceou para baixo e Marcão salvou o ASA. Grande defesa.

Alef Manga comemora o gol do ASA
Alef Manga comemora o gol do ASA (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)

Segundo tempo

Jogo aberto no segundo tempo. O Itabaiana avançou, obrigou Marcão a fazer  boas defesas, mas o ASA foi melhor. Preciso. Aos cinco minutos, o meia Dinda dominou a bola no peito, na intermediária, viu o goleiro avançado e acertou um chute improvável. A bola pegou efeito e morreu no fundo da rede. Foi o chamado golaço.

O Itabaiana teve um chance, aos 26, e Paulinho obrigou o goleiro Andrade a fazer uma boa defesa, aos 37. No fim, aos 48, o volante Caio César, do ASA, fez uma falta dura, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. O Itabaiana ainda teve uma chance clara, no último lance, mas Luiz Paulo desperdiçou.

Dinda comemora o segundo gol do ASA
Dinda comemora o segundo gol do ASA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Fonte: Globo Esporte


Deixe uma resposta