ASA supera expulsão de zagueiro e vence o clássico contra o CSE

| Redação Rádio Sampaio


O ASA ganhou o clássico do interior na raça, na vontade. Perdeu nesta quarta o zagueiro André Nunes no primeiro tempo, expulso, mas foi valente na etapa final e marcou duas vezes, com Lucas Piauí e Rômulo. Jajá descontou. A vitória por 2 a 1 colocou o Alvinegro na vice-liderança do Alagoano, com seis pontos em dois jogos. O Tricolor é o quinto, com três.

 

DESTAQUEA PRÓXIMADomingo, o ASA visita o CSA, às 16h, no Rei Pelé. No mesmos dia e horário, o CSE vai enfrentar o Santa Rita no Olival Elias, em Boca da Mata.

 

DESTAQUESEM ENERGIAFaltou energia no Estádio Juca Sampaio aos quatro do segundo tempo e só voltou depois de 50 minutos. Sobrecarga causou o problema.

 

DESTAQUEQUE GOLAÇORômulo foi frio para decidir o clássico. Recebeu no ataque, passou pelo marcador, olhou pra o goleiro André Pereira e bateu no ângulo, de canhota. Centroavante mostrou muita categoria na jogada, aos 37 do segundo tempo.

 

DESTAQUE1º TEMPO O lance de maior impacto no primeiro tempo foi do meio-campista Dinho, que acertou um chutaço de longe, aos dois minutos. Dida espalmou pra frente e o bandeira marcou impedimento do ataque do CSE.

O ASA passou a forçar o jogo pela esquerda e finalizou com Rômulo, de longe. Aos 22, Pedro Maycon levou a marcação alvinegra e acertou a trave. Foi quase. O Tricolor manteve a pressão, mas tinha dificuldade para finalizar. Aos 45 minutos, subiu um cartão vermelho. Diego Clemetino arrancou pela esquerda e levou uma tesoura de André Nunes. O zagueiro do ASA tinha amarelo e foi bem expulso.

 

DESTAQUE2º TEMPOO ASA tentava achar uma bola e se deu bem aos três minutos. Lucas Piauí bateu falta pela direita e, depois de um fliperama na zaga do CSE, a bola entrou. Depois, faltou energia no Juca Sampaio, e o Alvinegro não suportou a pressão quando o jogo recomeçou. Sobrou espaço para o adversário, que chegou pela direita duas vezes. Na primeira, Diego Clementino acertou o travessão. Na segunda, Jajá marcou de cabeça, assistência de Clementino. O ASA reagiu e quase marcou o segundo com Lucas Piauí. Ele bateu outra falta pela direita, de pé canhoto, e acertou a trave de André Pereira. Aos 37, o Alvinegro fez o gol da vitória. O centroavante Rômulo recebeu no comando de ataque, se livrou do marcador e bateu de canhota, no ângulo: 2 a 1.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: