Alfredo Gaspar deve ser confirmado procurador-geral de Justiça nesta quarta

| Redação Rádio Sampaio


Único candidato, ex-secretário de Segurança Pública vai substituir o procurador Sérgio Jucá no biênio 2017-18

06cf24b6-a000-465d-a0ca-20533a165a9c

O ex-secretário de Segurança Pública de Alagoas Alfredo Gaspar de Mendonça deve ser confirmado procurador-geral de Justiça nesta quarta-feira (29). Único candidato ao cargo, Alfredo vai substituir o procurador-geral Sérgio Jucá no biênio 2017-18.

De acordo com a assessoria do Ministério Público Estadual, a eleição terá início às 8h. O nome de Gaspar vem sendo cogitado desde março deste ano, quando deixara a Segurança Pública por força de decisão judicial.

A eleição seguirá até as 17h, quando a comissão eleitoral, presidida pelo chefe do MPE/AL, Sérgio Jucá, fará a contagem dos votos e anunciará o resultado.

Apesar de a disputa eleitoral ter apenas um candidato, o pleito tem de acontecer, já que Alfredo Gaspar precisa ser legitimado para assumir o cargo por meio de contagem mínima de votos válidos.

A saída de Aflredo da Segurança Pública se deu após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir que integrantes do MP não podem assumir cargos no Poder Executivo. A decisão foi tomada após o Partido Popular Socialista (PPS) apresentar uma ação junto ao Supremo questionando a nomeação do procurador Wellington César Lima e Silva para o cargo de ministro da Justiça, no governo da então presidente Dilma Rousseff (PT).

Histórico

Promotor de Justiça de 3ª entrância, Alfredo Mendonça iniciou a carreira no Ministério Público Estadual de Alagoas, em 8 de abril de 1996, na Promotoria de Justiça de Maravilha. Atuou como promotor em Palmeira dos Índios, Satuba, Paulo Jacinto e Quebrangulo, além de ter exercido seu ofício em várias Promotorias Especializadas da Capital e nos gabinetes da Procuradoria Geral de Justiça e da Corregedoria Geral.

Na condição de representante do MPE/AL, participou também das investigações de casos de grande repercussão no Estado, a exemplo do assassinato da ex-deputada federal Ceci Cunha (1998) e do extermínio de moradores de rua em Maceió (2010).

Alfredo Gaspar de Mendonça também já compôs o Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) e o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos. Recentemente, comandou a Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Por duas vezes, o promotor de Justiça coordenou o Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do MPE/AL, cuja missão principal é investigar organizações criminosas ligadas a assassinatos, tráfico de drogas e armas, além de quadrilhas especializadas em desviar recursos públicos.

O grupo ganhou notoriedade após deflagrar sucessivas operações – em parceria com a 17ª Vara Criminal da Capital e as polícias Militar e Civil – que costumam ser finalizadas com prisões e farto material apreendido, após o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão. Pelos trabalhos à frente do Gecoc, o promotor recebeu, em 2012, a Medalha Mérito do Ministério Público.

Alfredo Gaspar de Mendonça, além da formação acadêmica no curso de Direito, é também pós-graduado em Direito Público.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: